terça-feira, 1 de junho de 2010

Restauração do Relógio da Torre da Matriz

A Restauração

A Relojoaria Amaral, de propriedade do Sr. João Amaral Silva, residente na cidade de Pouso Alegre, especializada em relógios de torres de igrejas, restaurou, entre os dias 19 de Março a 1º de Maio de 2010, o relógio da torre da Igreja Matriz de São José do Alegre.

A coincidência das datas foi algo extraordinário. O relógio foi para o conserto no dia de São José, esposo de Maria, e foi devolvido também no dia de São José Operário. Pura coincidência? Desejo do Santo? Certamente, o relojoeiro não pensou na coincidência das datas.


Pelo custo de R$ 4.500,00, foram realizados os seguintes serviços: embuchamento (confecção de novas buchas em bronze); restauração das pontas dos eixos; troca das “gaiolas” de todos os eixos (por onde deslizam os dentes das engrenagens); desempenamento dos eixos; restauração dos dentes da roda de escape; restauração do mecanismo de batida das horas; limpeza e ajuste no mecanismo do ponteiro externo; limpeza e ajuste do martelo do sino; dentre outros serviços realizados na oficina da Relojoaria Amaral.

As novas peças confeccionadas para o relógio mantêm todas as características das originais, assim como seu material, preservando a originalidade e o valor histórico do relógio.

A cidade agora pode dormir em paz, acordando de madrugada para ouvir as suaves badaladas deste relógio que deve ter muitas estórias alegres e tristes para contar...

Pe. Alzir Sales Coimbra

Um comentário:

  1. Que maravilhosa foi esta conquista do nosso Pe. Alzir, que parece estar muito "focado" em sua evangelização para o bem do povo. Sua dedicação à Igreja é grande, como é imenso seu amor ao povo
    alegrense e ao patrimônio da nossa Diocese de Campanha, aqui em SJAlegre!!!!!!!!!

    Panebenizo, em nome de toda população católica de São José do Alegre, este homem de Deus que reergueu material e espiritualmente nossa Igreja.

    Deste pároco jamais nos esqueceremos, e a ele nosso agradecimento eterno.

    Prof.José Carlos Barbosa

    ResponderExcluir